Prestar atenção apenas no prazo de validade dos alimentos não é o suficiente quando se trata de conservação e segurança. Na hora de guarda-lo na geladeira devemos prestar atenção em outros detalhes. Nesse texto vamos te explicar quais são as orientações da ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) na hora de armazenar os alimentos.

geladeirablog

Prateleiras superiores

• Nelas devem ser mantidas os alimentos que necessitam de maior refrigeração como creme vegetal, iogurte ou margarina.
• Aqui também fica o que sobrou das refeições. O ideal é armazenar as sobras em potes de plástico ou de vidro.

Prateleiras do meio

• Aqui devem ficar os legumes e frutas já cortados. Eles precisam ser mantidos em embalagens plásticas ou de vidro, isso faz com que o alimento permaneça próprio para o consumo por mais tempo.
• Os leites vegetais ficam, de preferência, na segunda prateleira. Assim eles permanecem refrigerados na temperatura necessária.

Prateleiras e gavetas inferiores

• Os legumes, verduras e frutas precisam ficar nesse compartimento, assim eles não congelam. Separar os alimentos em recipientes (sacos plásticos ou vasilhas) diferentes aumenta o tempo de vida deles, além de auxiliar na organização e identificação.

Porta

• Nesses compartimentos podemos armazenar os molhos e conservas. Além dos produtos enlatados como milho, ervilha, seleta de legumes, palmito e azeitonas. Não guarde-os nas embalagens originais.
• A porta também é o local ideal para conservar bebidas: água, sucos e chás.

Freezer

• Esse é o local mais frio da sua geladeira. Nele você pode armazenar sorvete, gelo e também qualquer outro preparo ou alimento que vá utilizar a longo prazo como legumes, feijão, molho de tomate caseiro e falafel. O mais indicado é etiquetar todos os recipientes, assim você sabe em quanto tempo deve utiliza-lo.

#FICADICA

• A temperatura da geladeira não deve ser inferior a 5ºC.
• O alimento preparado não deve ser armazenado por mais de cinco dias na geladeira.
• Não descongele o alimento em temperatura ambiente. Prefira o microondas quando o preparo for imediato ou deixe o alimento sob refrigeração o tempo que for necessário para descongelar.


Fonte: 
ANVISA – Agência Nacional de Vigilância Sanitária

Apaixonada por corujas, balões, livros e chocolate. Formada em jornalismo, já atuou como redatora em revistas femininas na Editora Alto Astral. Queria estudar gastronomia, moda e design, mas por enquanto ocupa os dias como Analista de Mídias Sociais em um estúdio de tatuagem e assistindo séries no Netflix.