Paçoca Caseira

Estamos no mês de junho e acho que esta é uma das minhas épocas preferidas do ano. A paçoca é um dos doces que eu mais gosto, tanto que tem diversas receitas com paçoca aqui, como o pavê, o sorvete e o brigadeiro. A versão tradicional é feita no pilão, mas dá um pouquinho de trabalho, então neste vídeo eu vou mostrar uma alternativa mais fácil de prepará-la na sua casa. ♥ Esta receita foi adaptada da página da Bela Gil.

Ingredientes

1 e 1/2 xícara (de chá) de amendoim torrado e sem casca
1/3 de xícara (de chá) de açúcar mascavo (ou mais, se você preferir)
1/4 de colher (de chá) de sal
1/2 xícara (de chá) de farinha de mandioca

  • Preço médio: R$2,00

  • Rende cerca de 12 unidades

  • Tempo de preparo: 30 minutos

  • Não contém glúten

  • Vegan

Modo de preparo

Pré aqueça o forno a 200ºC, coloque o amendoim em assadeira, espalhe bem e leve para assar por cerca de 10 minutos, para ficarem quentinhos e baterem mais fácil.
Enquanto isso, torre a farinha de mandioca em uma frigideira antiaderente, até ficar douradinha, mexendo sempre.
Coloque o amendoim ainda quente no processador e bata bem até ficar bem triturado. Se precisar, pare o processador e misture com uma colher.
Adicione o açúcar, uma pitada de sal e a farinha de mandioca torrada. Bata novamente até obter uma mistura modelável. Cuidado para não bater demais e virar uma pasta; por isso bata, pare, confira se está no ponto, e volte a bater novamente, se for necessário. Você deve conseguir modelar esta farofa, este é o ponto certo.
Modele a paçoca com a quantidade de uma colher de sopa cheia, apertando bem e dando um formato cilíndrico. Ou, se você quiser, coloque em um molde e aperte bem, para ficar bem compacto. Está pronto!

Se você quiser uma paçoca tipo rolha, mais sequinha e esfarelenta, assim que você colocar o açúcar, sal e farinha de mandioca, ao invés de bater até atingir o ponto modelável, bata rapidamente para misturar, coloque em uma vasilha e fique misturando com as mãos, dando belisquinhos, para aquecer o amendoim (o que vai fazer com que ele libere seu óleo – veja o vídeo), e deixar esta mistura modelável. Vai demorar uns 10 minutos.

Dicas

  • É importante que você faça o processo de uma só vez, porque se esta mistura de amendoim triturado, açúcar e farinha de mandioca esfriar, vai ficar mais difícil de trabalhar com ela e dar formato cilíndrico. Se você ver que já perdeu o ponto, mexa com as mãos para aquecer o amendoim e ele soltar óleo, ou volte rapidamente ao processador.
  • Açúcar: testei com o mascavo e com o demerara e a textura do mascavo ficou bem melhor. As paçocas feitas com demerara foram mais difíceis para dar forma e devido aos cristais de açúcar, somados à farinha de mandioca, ficou bem mais crocante. Acho que neste caso, ficaria melhor usar mascavo ou refinado (como é usado nesta receita do Olivier Anquier (aqui). Ah, se quiser, você pode colocar mais açúcar. Eu uso o que indiquei na lista de ingredientes e acho que está ótimo pra esta quantidade de amendoim. Caso quiser mais, experimente e coloque mais.
  • Eu prefiro usar o amendoim já torrado e sem casca pra fazer esta receita, porque eu acho mais prático. Você pode usar aquele com casca, torrar ele e depois descascar, no caso, colocar num pano de prato e esfregar. Como faz um pouco de sujeira, eu prefiro já comprar desta forma, porque eu só coloco no forno só alguns minutos até ele dar uma torradinha a mais e ficar quente para poder bater mais fácil.
  • Eu já testei sem a farinha de mandioca e com ela, e confesso que gosto com a farinha. Acho que a textura fica muito boa e a paçoca fica bem crocante.
  • Existem diversas versões de paçoca na internet, algumas feitas com leite condensado e bolacha maisena, outras só com amendoim, sal e açúcar. Já vi algumas versões com farinha de milho, usada da mesma forma da farinha de mandioca, mas ainda não testei.
  • Pra você fazer as receitas que eu ensinei aqui, como o sorvete, brigadeiro ou o pavê, não precisa por a farinha de mandioca, porque a intenção é deixar o creme de paçoca mais cremoso.
  • Comprei este cortador de biscoitos, que usei pra modelar as paçocas, em uma loja de doces da minha cidade (destas que vendem artigos pra festas, docerias, sorveterias). Foi uns 4 reais. A Jane Loures deu uma dica bem legal no canal dela, de usar caninhos de pvc cortados e bem lavados, no caso. Veja aqui.
  • Confesso que não sei quanto tempo esta receita dura… deixei as paçocas guardadas em um pote fechadinho, forrado com papel toalha, porque as paçocas soltam um pouquinho de óleo embaixo, fomos comendo ao longo da semana (6 dias) e ainda estavam boas.
  • Veja outras receitas juninas veganas aqui.
Vegetariana e amante de animais (sobretudo gatinhos). É designer de produtos, fotógrafa freelancer, e apaixonada por culinária desde pequena. Adora cozinhar, principalmente para os outros, testar ingredientes e receitas! Muitos dos pratos que conhece aprendeu pesquisando e principalmente testando.