Petit Gateau Vegano

Este petit gateau é simplesmente delicioso! A massa fica muito saborosa e combina muito com o sorvete de paçoca, que já ensinei aqui no blog. Adaptei a receita do blog Cake Vegan e fiquei muito satisfeita com este resultado que compartilho aqui com vocês.

Ingredientes

100g de chocolate meio amargo
1 xícara (de chá) de farinha de trigo
1/2 xícara (de chá) de açúcar demerara ou cristal
Uma pitada de sal
2 colheres (de sopa) de cacau em pó
1/4 de xícara (de chá) de óleo vegetal
1/2 colher (de chá) de essência de baunilha
3/4 de xícara (de chá) de leite de coco caseiro (de amêndoas, de amendoim, de soja)
1 colher (de chá) de fermento químico em pó
Sorvete de Paçoca Vegano (Receita aqui)

  • Preço médio: R$8,00

  • Rende cerca de 25 unidades nas forminhas de 50ml

  • Tempo de preparo: cerca de 1 hora

  • Contém glúten

  • Vegan

Modo de preparo

Unte forminhas com óleo e salpique cacau em pó ou farinha de trigo. O ideal é que sejam antiaderentes, para os bolinhos se soltarem com facilidade. Eu prefiro usar o cacau para untar, pois os bolinhos não ficarão com marcas brancas de farinha.
Derreta o chocolate como preferir, seja no banho maria ou no microondas (de 30 em 30 segundos), e reserve.
Em uma vasilha, peneire a farinha, o açúcar, o cacau e o sal. Adicione o óleo, o leite vegetal, o extrato de baunilha e misture bem.
Acrescente o chocolate derretido, o fermento químico e misture delicadamente. Preencha 2/3 das forminhas com a massa. Deixe um espaço, pois ela irá crescer um pouco. Leve à geladeira por 30 minutos. Isso ajudará os bolinhos a ficarem com o meio molinho.
Pré-aqueça o forno a 210ºC por pelo menos 10 minutos. Coloque apenas um bolinho para assar, para testar o tempo de forno. O tempo varia de acordo com o forno e tamanho da forma, geralmente vai de 6 a 10 minutos, por isso é muito importante que este teste seja feito, para ter um bolinho com o interior cremoso.
Com a forma com __ml, meus bolinhos ficaram bons em 6 minutos. Com a forma com __ ml, os meus ficaram bons em 7 minutos e meio.
Desenforme ainda quente e sirva com o sorvete de sua preferência. Aqui no blog ensinamos o de paçoca e o de abacaxi.

Dicas

  • Para uma versão sem glúten, veja esta receita da Gabi Mahamud! ♥
  • Recomendo o uso de xícaras e colheres medidoras para a quantidade ficar mais precisa. É bem baratinho e vende em lojas de 1,99. A xícara que eu uso tem 240ml e a colher 15ml.
  • O petit gateau é um bolinho mal passado. Como são pequenos e o tempo de forno é muito pequeno, por um simples descuido podem se tornar bolinhos. Tenha paciência e faça os testes de forno, para eles ficarem no ponto.
  • Estes bolinhos podem ser congelados! Congelei nas forminhas de alumínio mesmo e depois assei no forno também pre-aquecido por uns 7 minutos (antes levavam 6).
  • Assim como na receita original, não utilizei linhaça ou chia no lugar dos ovos. Cheguei a fazer alguns testes com eles, mas achei que a massa não ficou tão saborosa e a textura ficou esquisita. No lugar do ovo eu utilizei o fermento. E não notei problemas ao deixá-lo na geladeira ou freezer.
  • Existem chocolates do tipo meio amargo veganos. Eu geralmente uso da marca Harald Melken (o meio amargo, e o dark também é). Não gosto muito de citar marcas, pois infelizmente podem mudar, por isso friso a importância de sempre ler a lista de ingredientes do produto. Tem também o da Cacau Show, mas este é bem mais caro. O chocolate da Harald contém traços de leite, já que foi produzido por uma empresa que faz outros tipos de chocolate, portanto por ser processado no mesmo lugar e equipamentos, pode conter traços – não sendo recomendado para quem tem alergia/intolerância inclusive aos traços. Parece que a Callebaut e a Aro (do Makro) faz chocolates sem traços de leite, porém ainda não consegui comprar para experimentar, mas dizem que é muito bom.
Vegetariana e amante de animais (sobretudo gatinhos). É designer de produtos, fotógrafa freelancer, e apaixonada por culinária desde pequena. Adora cozinhar, principalmente para os outros, testar ingredientes e receitas! Muitos dos pratos que conhece aprendeu pesquisando e principalmente testando.