Sushi

Atendendo a pedidos de alguns leitores, aqui está a receita de sushi! Este prato é um dos preferidos do Marco, então fica aqui nossa receita especial para o dia dos namorados.
Eu nunca fiz curso de sushi, por isso me desculpem qualquer erro. O que aprendi foi com minha tia Luiza, que sabe fazer sushis maravilhosos, e também dando oficinas com minha amiga Lia, em eventos do nosso curso. Entre erros e acertos cheguei a este resultado!
Sushi não é complicado de fazer não, isso é um mito, só é um pouco demorado e requer paciência para tudo dar certo. Vamos à receita?

Ingredientes

Tempero:

1/2 xícara (de chá) de vinagre de arroz
2 colheres (de sopa) de açúcar cristal
1 colher (de chá) de sal

Arroz:

2,5 xícaras (de chá) de arroz tipo gohan (o arroz que eu usei não precisava lavar)
3 xícaras (de chá) de água

Recheio:

1 pepino japonês cortado em tiras (se preferir retire as sementes)
1 cenoura média limpa cortada em tiras
Um punhado de vagens, com as pontinhas cortadas
1/2 xícara (de chá) de shiitake picado
1 xícara (de chá) de tofupiry temperado com 1 colher (de chá) de óleo de gergelim torrado e 1 colher (de chá) de gergelim preto (Receita do tofupiry aqui)
Gengibre a gosto

5 ou 6 algas de nori – alga para sushi- (depende da quantidade de arroz que você colocar em cada um)

  • Preço médio: R$12,00

  • Rende 5 unidades (rolos) de sushi

  • Tempo de preparo: 2h (arroz:  preparo + descanso) + 30 minutos (recheio) + 20 minutos (para enrolar – o tempo pode variar, conforme a experiência)

  • Não contém glúten

  • Vegan

Modo de preparo

Antes de tudo, prepare o tempero. Em uma panela coloque o vinagre para arroz, o açúcar cristal e o sal, deixe ferver até ficar uma mistura homogênea e transparente, e reserve.

Coloque o arroz e a água na panela, deixe cozinhar em fogo médio até a água secar completamente. Tampe para acelerar o cozimento, e caso o arroz ainda estiver duro, acrescente mais um pouco de água. (Este arroz que comprei não precisava ser lavado, verifique na embalagem da marca que você comprou os procedimentos para o preparo.)

Assim que o arroz estiver pronto, coloque-o em uma vasilha e jogue o tempero por cima. Eu prefiro mais temperado, mas se você preferir coloque menos, vá experimentando até ficar com o sabor desejado.
Misture delicadamente com um garfo, e deixe descansando até esfriar. É importante deixar o arroz esfriar completamente para não danificar a alga. O meu descansou por cerca de uma hora e meia.

Enquanto isso, prepare o recheio:
Pique os ingredientes em tiras compridas, e se preferir tire as sementes do pepino.
Em uma panela com água fervente, coloque a cenoura picada e a vagem sem as pontinhas com um pouco de sal ou com um tablete de caldo de legumes, e deixe cozinhar até ficarem macios.
Neste intervalo de tempo aproveite para preparar o Tofupiry. E hidrate e pique o shiitake se necessário.

Para enrolar o sushi, você precisará de um potinho com água para molhar as mãos na hora de pegar o arroz, e uma esteirinha própria para auxiliar na hora de enrolar e um pano de prato para secar as mãos. Deixe-os, juntamente com todos os ingredientes ao alcance das mãos, para facilitar a montagem.
Coloque a alga com a parte mais brilhante virada para baixo, distribua punhados de arroz, molhando levemente as mãos quando necessário.
Deixe um espaço de cerca de 0,5 centímetro nas laterais, e 2 centímetros na parte de cima. Evite apertar muito o arroz, e procure deixar bem uniforme, para evitar o risco do sushi abrir ou ficar torto.
Mais ou menos à 3 cm da parte inferior, distribua o recheio em fileiras. Coloque o pepino, a cenoura, o tofupiry, a vagem, o shiitake e o gengibre.
Agora é a hora de enrolar, e isso requer certo cuidado. Com as duas mãos, segure a esteirinha e abrace o recheio firmemente, passando a mão para alisar, volte a esteirinha e enrole novamente, repita o processo até fechar o rolo. Evite manusear a alga com as mãos molhadas, pois pode danificar a alga.
(Caso o sushi não fechar, molhe levemente o dedo -bem pouco mesmo- e passe na alga.)

Para cortar é simples. Mantenha uma toalhinha molhada para passar na faca e facilitar o corte. Corte no meio, e depois corte novamente no meio de cada uma das metades. E mais uma vez, está pronto!!

Vegetariana e amante de animais (sobretudo gatinhos). É designer de produtos, fotógrafa freelancer, e apaixonada por culinária desde pequena. Adora cozinhar, principalmente para os outros, testar ingredientes e receitas! Muitos dos pratos que conhece aprendeu pesquisando e principalmente testando.