Conserva de Pimenta

Sabe aquelas conservas de pimentas bonitonas que encontramos nas feiras de rua, mercados municipais e às vezes até mesmo em grandes supermercados? Dá pra fazer elas casa em apenas alguns minutos! Apesar de o processo de conservação envolver fermentação – dá aquele medo de dar errado, mofar, etc – não tem nada melhor do que poder temperar algum prato com uma conserva feita em casa! ♥
As conservas mais tradicionais são feitas com vinagre ou azeite. A técnica com vinagre é um pouco mais fácil e duradoura porque a acidez do vinagre impede a fermentação e a possível contaminação por bactérias. Mas é só ter um cuidado básico que a de azeite também não tem erro e fica simplesmente divina! 🙂

Ingredientes

Pimenta dedo de moça
Azeite de oliva extra virgem

  • Preço médio: R$8,00

  • Para as quantidades utilizadas, esta receita rende um potinho com cerca de 350ml

  • Tempo de preparo: 35 minutos (preparo) + 15 dias (descanso)

  • Não contém glúten

  • Vegan

ConservaPadraoArtigos

Modo de preparo

Ferva água suficiente para cobrir a quantidade de pimenta que for usar. Lave as pimentas e corte-as em rodelas finas. Caso queira tirar um pouco do ardor, retire boa parte das sementes. Se preferir uma conversa um pouco mais ardida não há necessidade de retirá-las.
Em um recipiente, junte as rodelas de pimenta com a água quente e deixe descansar por aproximadamente 20 minutos.
Escorra a pimenta em uma peneira até que fiquem bem sequinhas. Quanto menos água, menos umidade e melhor ficará a conserva.
Coloque as pimentas em uma garrafa de vidro esterilizada e adicione azeite até que todas elas fiquem cobertas – caso contrário pode acontecer de fermentarem e mofarem. Tampe a garrafa e deixe descansar por aproximadamente 15 dias em um local fresco e seco. Com o passar do tempo ela vai ficando cada vez melhor, mas aconselha-se que as conservas de azeite sejam consumidas em no máximo 7 semanas.

Dicas

  • Nesta receita foram usadas 4 pimentas dedo de moça e 1 e 1/2 xícaras de azeite de oliva, mas você pode fazer com mais ou menos, conforme o seu gosto.
  • Tome cuidado ao manusear as pimentas: depois de cortar ou manusear as pimentas nunca se esqueça de lavar bem as mãos. Se preferir faça todo o processo com luvas.
  • Quando as pimentas absorverem um pouco do azeite, coloque mais até que fiquem submersas de novo – o importante é não deixar que elas entrem em contato com o ar!
  • Você pode adicionar alho, cebola e ervas frescas na conserva para deixá-la ainda mais aromática saborosa.
  • A conserva cai muito bem em cima de um feijão bem temperadinho, em um homus de pimentão (veja a receita aqui) ou em um super hambúrguer de shimeji (aqui) :3

Jornalista certificada em Nutrição Culinária pelo Natural Gourmet Institute. Apaixonada por hortas, vegetais, alimentação natural, práticas sustentáveis e quinhentas mil outras coisas. É autora no blog de receitas vegetarianas / veganas Herbivoraz, onde publica suas aventuras gastronômicas e dicas para um estilo de vida mais sustentável.