Wrap

O wrap é bem prático, basta rechear e comer! Por comodidade, compramos pronto, mas descobri com a minha amiga Fran Oliveira, que é possível fazer em casa. Ele pode ser servido com recheios quentes, frios, enrolado, dobrado, com recheio em cima (como pizza), e como petiscos (receitinha aqui).

Ingredientes

1 xícara (de chá) de farinha de trigo branca
1 xícara (de chá) de farinha de trigo integral
1/4 de colher (de chá) de sal
2 colheres (de sopa) de óleo vegetal (usei azeite de oliva)
Cerca de 3/4 de xícara (de chá) de água

  • Preço médio: R$ 1,50

  • Rende cerca de 4 unidades

  • Tempo de preparo: 25 minutos (preparo) + 20 minutos (descanso)

  • Contém glúten

  • Vegan

Modo de preparo

Em uma tigela coloque a farinha de trigo branca, a integral, o sal e misture. Adicione o azeite e a água aos poucos, amassando até ficar uma massa lisa e uniforme e que não grude nas mãos.
Divida a massa em 4 partes e faça bolinhas. Em uma superfície enfarinhada, abra uma a uma das bolinhas até virarem discos, com no máximo 2mm de espessura. Caso quiser seus discos redondos, abra toda a massa e corte um a um com o auxílio de um prato de sobremesa e uma faca.
Em fogo médio, esquente uma frigideira grande e antiaderente por cerca de dois minutos e coloque um disco de massa. Espere formar algumas bolhinhas e vire de lado para fritar do outro lado.
Espere fritar mais um pouco e em seguida coloque o wrap dentro de um saquinho plástico bem fechado ou vasilha com tampa. Deixe descansando por pelo menos 20 minutos antes de servir.
Recheie com o que preferir. Está pronto!

Dicas

A Fran me passou algumas dicas importantes, como:

  • Ir colocando os wraps assim que forem fritos dentro de um saquinho plástico bem fechado, ou uma vasilha (como eu usei);
  • Não fritar muito, senão ficam muito duros;
  • Não fazer a massa muito grossa, pois pode ficar meio cru e com gosto forte de farinha!
  • Eu fiz algumas vezes aqui em casa, com farinha de trigo com fermento e sem, e ambas deram certo! A farinha com fermento formou mais bolhas quando foi para a assadeira, mas o resultado final achei o mesmo.
  • Para os petiscos (receita aqui), eu preparei a massa do wrap, fiz todo o modo de preparo, e depois continuei com a receita dos petiscos de alho. Não cheguei a assar a massa crua com os temperos, mas alguns leitores fizeram e compartilharam que deu certo.
  • Recheei com guacamole, pepino e alface e dobrei!
Vegetariana e amante de animais (sobretudo gatinhos). É designer de produtos, fotógrafa freelancer, e apaixonada por culinária desde pequena. Adora cozinhar, principalmente para os outros, testar ingredientes e receitas! Muitos dos pratos que conhece aprendeu pesquisando e principalmente testando.