Leite de Coco Caseiro

Desde que testei o leite de coco aqui em casa ele se tornou um dos meus favoritos! Ele é tão saboroso que se deixar eu tomo tudo sozinha. Ele é muito saboroso, ótimo puro, quentinho, com café ou cacau, com vitaminas, e também pode ser usado em receitas doces e salgadas. Este leite de coco tem o sabor mais suave e é mais fino do que o comprado pronto, pois não tem os espessantes.

Ingredientes

1 coco seco (2 xícaras e meia de coco picado ou cerca de 250g)
3 xícaras (de chá) de água quente (cerca de 720ml ou mais se preferir mais fino)

  • Preço médio: R$3,00

  • Rendimento médio: 720ml

  • Tempo de preparo: cerca de 40 minutos

  • Não contém glúten

  • Vegan

Modo de preparo

Pré-aqueça o forno a 240ºC, retire toda a água de um coco seco, coloque ele em uma assadeira e leve para assar por 15 minutos ou até ficar bem rachado. É importante tirar toda a água para não se queimar depois.
Espere ficar morno e dê leves marteladinhas para ajudar a quebrar o restante que faltou. Separe a casca da polpa com o auxilio de uma faca sem ponta. Pique esta polpa em pedaços menores.
Em um liquidificador, coloque esta polpa de coco, adicione a água quente e bata por 3 minutos. Se o seu liquidificador for pequeno, divida em duas partes.
Espere ficar morno para não se queimar e em seguida coe com o auxílio de um pano limpo ou peneira bem fina.
Está pronto!

Dicas

  • Guarde na geladeira, bem fechadinho em uma vasilha de vidro esterilizada, por até 5 dias. O leite vai se dividir em duas partes, uma mais firme e gordurosa, que é a gordura do coco, e a outra mais aguada. Para usar o leite é só misturar em temperatura ambiente ou aquecer, que os pedaços vão se misturar ao leite.
  • Outro dia usei uma colher de sopa deste creme de coco para finalizar um risotto e ficou bem gostoso; não fiz mais testes, mas acho que dá pra usar ele como uma espécie de creme de leite.
  • Você pode adicionar essência de baunilha ou tâmaras para dar mais sabor ao seu leite.
  • Eu gosto deste leite mais concentrado, por isso uso apenas 3 xícaras de água, mas se preferir pode adicionar mais.
  • Para coar eu usei um coador de café, que comprei especialmente pra fazer leites vegetais aqui em casa.
  • Se preferir, no lugar da polpa do coco, você pode usar aquele coco ralado fresco, vendido em supermercados e lojas de produtos naturais. Veja uma receita com este tipo de coco no Panelinha (veja aqui).
  • Para abrir o coco e retirar a polpa com facilidade, você também pode usar uma dica que eu vi la no manual do mundo. Veja aqui.
  • Se preferir um leite mais branco, retire esta parte marrom do coco. Ela não atrapalha no sabor e em nada, mas deixa o leite um pouco mais escurinho. Dá um pouco de trabalho de tirar, por isso deixo.
  • Além do leite de coco, ao fazer esta receita você também terá coco ralado! E você pode aumentar a durabilidade dele, secando no forno ou fogão.
    • Se quiser secar no forno, espalhe tudo sobre uma assadeira antiaderente e leve pra secar em forno pré-aquecido a 210ºC por cerca de 40 minutos, mexendo de dez em dez minutos. Ele estará bom quando não grudar nos dedos.
    • Na frigideira é mais rápido, em uns 20 minutos ele já estará bom. Coloque o coco em uma frigideira antiaderente em fogo baixo e mexa sempre, até ficar sequinho. Se deixar mais tempo vai obter coco queimado, que também pode ser usado em diversas receitas. Espere esfriar e guarde em um potinho fechado (Aqui deixei por 1 mês e ainda estavam bons).
  • Com estes resíduos que sobraram você pode fazer diversas receitas, como o beijinho (veja a receita aqui), usar em bolos (veja uma receita de bolo de fubá vegano aqui), doces (como este bombom aqui)…
  • Se você quiser este coco mais fininho, pra virar uma farinha de coco, é só bater depois que secou em um processador ou liquidificador até ficar mais fino.
Vegetariana e amante de animais (sobretudo gatinhos). É designer de produtos, fotógrafa freelancer, e apaixonada por culinária desde pequena. Adora cozinhar, principalmente para os outros, testar ingredientes e receitas! Muitos dos pratos que conhece aprendeu pesquisando e principalmente testando.