Mousse de Goiabada

Este doce eu comia quando era criança. Depois de alguns bons anos sem comer esta mousse, por causa da gelatina (que não como mais), tentei inventar uma versão vegana com o ágar ágar!
Testei algumas vezes e cheguei a este resultado que gostei muito! Foi muito bom reviver este gostinho da minha infância ♥ Espero que gostem também!

Ingredientes

2 xícaras (de chá) de leite de soja ou de amêndoas (receita)
1 xícara (de chá) de goiabada picada
1 colher (de sopa) de suco de limão
2 colheres (de chá) de ágar-ágar (veja o que é aqui)
1/4 xícara (de chá) de leite vegetal (o mesmo que você usou)
1/2 xícara (de chá) de creme de leite de soja (pode usar a mesma quantidade de leite de coco também)

Calda:

1 xícara (de chá) de água
1/2 xícara (de chá) de goiabada picada
1/2 xícara (de chá) de açúcar cristal (opcional)

  • Preço médio: R$7,50

  • Serve até 4 pessoas

  • Tempo de preparo: 10 minutos (preparo) + 4 horas (geladeira)

  • Não contém glúten

  • Vegan

Modo de preparo

Em um liquidificador, bata as duas xícaras de leite vegetal com a goiabada picada e o limão espremido até ficar uniforme.
Misture o ágar ágar com o 1/4 de xícara de leite vegetal e reserve.
Em uma panela em fogo médio, coloque a mistura do liquidificador e deixe ferver (os pedacinhos de goiabada se derreterão nesta etapa). Quando estiver borbulhando, acrescente a mistura do ágar ágar com o leite vegetal, misture por 1 minuto e desligue. Acrescente o creme de soja, misturando novamente até ficar uniforme.
Coloque a mistura em tacinhas e espere esfriar para levar à geladeira. Deixe gelando por cerca de 4 horas para ficar gostoso.
Para fazer a calda é simples! Em uma panela misture a água, a goiabada e o açúcar. Esta mistura irá ferver e em seguida começará a encorpar. Mexa de vez em quando para não queimar.
Espere esfriar um pouco e jogue sobre a mousse! Se quiser jogue coco ralado por cima. Está pronto!!

Dicas

  • No lugar do leite de soja ou amêndoas você pode utilizar o leite de coco caseiro, ensinado aqui, e o leite de amendoim, aqui.
  • O ágar-ágar é geralmente vendido em lojas de produtos orientais ou naturais. Existem dois tipos mais vendidos: o pó branquinho e o pó mais escuro, num tom mais bege. Recomendo o uso do branco, pois não tem cheiro e nem sabor forte como o outro e é mais indicado para preparações delicadas como esta. A marca do ágar-ágar que compro é Kanten.
Vegetariana e amante de animais (sobretudo gatinhos). É designer de produtos, fotógrafa freelancer, e apaixonada por culinária desde pequena. Adora cozinhar, principalmente para os outros, testar ingredientes e receitas! Muitos dos pratos que conhece aprendeu pesquisando e principalmente testando.