Portobello à Milanesa

Uma versão vegana de milanesa, que fica muito saborosa e leva poucos ingredientes. Ela pode ser servida com molho, com arroz e batata, como se fosse uma parmegiana, e também como um hambúrguer, dentro do pão, como se fosse um lanche. ♥

Ingredientes

4 unidades de cogumelos portobello
1/3 xícara (de chá) de farinha de trigo
1/2 colher (de chá) de bicarbonato de sódio
1 pitada de sal
1/3 xícara (de chá) de água
1/2 xícara de farinha de rosca vegana ou panko
Óleo para fritar

  • Preço médio: R$16,00

  • Rende 4 unidades grandes

  • Tempo de preparo: 30 minutos

  • Contém glúten

  • Vegan

Modo de preparo

Antes de tudo, retire os talos dos cogumelos, já limpos. (Para limpar: geralmente passo na água corrente e já seco, cogumelos absorvem água facilmente, nem é recomendado lavar ou deixar de molho. Muita gente só passa um paninho úmido ou papel.)
Tempere eles com sal e com uma pitada de pimenta.
Coloque uma folha de papel toalha sobre um prato, distribua os cogumelos, cubra com outra folha de papel e coloque outro prato sobre eles, pra criar um peso. (Este peso ajudará a eliminar a água do cogumelo)
Leve ao microondas por 3 minutos em potência alta, para o cogumelo perder sua água.
Retire o prato com cuidado, pois estará bem quente. Seque o excesso de água liberada com o papel.
Aperte levemente, tempere com sal e pimenta a gosto e espere esfriar.
Em uma vasilha, misture a farinha de trigo, o bicarbonato de sódio, tempere com uma pitada de sal e adicione a água. Coloque esta pasta em um prato, passe os cogumelos dos dois lados, até cobrir bem toda a superfície.
Em seguida, empane os cogumelos em 1/2 xícara de farinha de rosca vegana ou panko.
Se quiser, empane duas vezes. (Para isso, talvez seja necessário preparar mais massa para empanar)
Frite em óleo quente até ficarem dourados e coloque sobre uma folha de papel para secar o excesso de óleo (esta forma deixa o cogumelo mais crocante).
Você também pode fritar em uma frigideira antiaderente em fogo baixo com óleo.
Sirva com arroz e molho ou como lanche. Está pronto!

Dicas

  • Eu peguei esta dica do microondas, pra retirar o excesso da água do cogumelo, com a Fran do Vai Comer o Quê?.  O cogumelo tem muita água e quando é frito pode liberar esta água para o óleo e espirrar, o que pode ser perigoso.
  • Porém, vi algumas receitas na internet, como esta daqui, em que o cogumelo não é desidratado. Confesso que prefiro não arriscar, a não ser que frite em uma frigideira com um fio de óleo e com tampa.
  • Para quem não gosta de microondas, eu vi uma receita que cozinha o cogumelo no vapor por uns 10 minutos e depois espreme para sair o excesso de líquido. Só não tive chance de testar. O link é este aqui. (Se não souber inglês, copie o texto e jogue no Google Translate. A parte que fala sobre este processo é logo após a lista de ingredientes.)
  • Não testei, mas eu acho que dá para fazer isso, remover excesso de água do cogumelo, em uma frigideira antiaderente sem óleo em fogo baixo com tampa.
  • Eu não testei rechear meus cogumelos, como a Fran e outras receitas fizeram, mas acho que dá pra rechear com algum queijo vegano (hoje em dia é possível encontrar opções prontas em lojas de produtos veganos e naturais) ou um purê bem grosso e temperado. Sugiro que siga as receitas e dicas dos outros blogs para fechar o “hambúrguer” recheado.
  • Para servir o seu lanche, você pode fazer o pão que eu ensinei na receita de salgado de hambúrguer ou o pão de batata. (:
  • Veja a receita de tofu à parmegiana aqui e a de berinjela à parmegiana aqui.
Vegetariana e amante de animais (sobretudo gatinhos). É designer de produtos, fotógrafa freelancer, e apaixonada por culinária desde pequena. Adora cozinhar, principalmente para os outros, testar ingredientes e receitas! Muitos dos pratos que conhece aprendeu pesquisando e principalmente testando.