“Carne” de Jaca

A jaca é uma fruta que nem todo mundo gosta, eu inclusive não sou a maior fã. Meses atrás vi um post no Menu Vegano sobre este prato e fiquei curiosa. Pesquisei várias receitas e criei minha adaptação!

Updade: esta receita foi atualizada em julho de 2017. No novo post você encontra duas versões mais fáceis e que fazem menos sujeira; veja aqui.

Ingredientes

1 jaca verde (do tipo dura)
Água o quanto baste
Óleo para passar nas mãos e faca

Molho:

3 dentes de alho médio picados
1/2 cebola média picada
2 xícaras (de chá) de carne de jaca desfiada
Suco de 1/2 limão
1 pacote de molho de tomate pronto
1/4 de xíara (de chá) de azeitona picada
1/2 xícara (de chá) de milho
1/2 xícara (de chá) de ervilha
1/2 xícara (de chá) de cheiro verde picado
Pitada de açúcar
Sal a gosto
Temperos a gosto
Azeite a gosto

  • Preço médio: R$4,00 (sem o preço da jaca)

  • Serve em média 6 pessoas

  • Não contém glúten

  • Vegan

Modo de preparo

“Carne” de jaca:

Antes de tudo, lave sua jaca, tirando vestígios de terra, e sujeira. Eu usei uma escovinha que tenho para lavar alimentos, com um pouco de sabão de coco, e enxaguei bem.
Antes de manusear a jaca é importante passar bastante óleo na mão e na faca para não grudar. A jaca libera um tipo de um leite, uma cola bem grudenta.
Corte a jaca em pedaços menores, lavando eles em seguida para sair um pouco deste leite.
Disponha estes pedaços em uma panela de pressão, cobrindo com água. Deixe cozinhando e quando a panela chiar, conte mais 15 minutos e desligue.
Escorra a água e espere esfriar para desfiar.
Você precisará repetir este processo por algumas vezes, dependendo do tamanho da sua jaca e da panela de pressão. Não lote muito sua panela com as jacas, o certo da panela de pressão é colocar os alimentos até a metade. Se a jaca ficou muito mole, na próxima vez reduza um pouco o tempo de cozimento.
Corte fora o miolo e a casca que são mais duros, e retire as sementes também. Você pode reaproveitar estas sementes em saladas ou farofas, se for do seu gosto, ou descartar.
Desfie um a um dos pedaços. A “carne” de jaca está pronta para temperar!
Depois de desfiada, guarde a jaca bem fechadinha na geladeira por até 3 dias e no freezer por até dois meses.

Molho:

Em uma panela com um fio de óleo, refogue o alho e a cebola até dourar. Acrescente a carne de jaca, o limão e tempere com sal e temperos a gosto, eu usei cominho e orégano. Refogue mais um pouco, adicione o molho de tomate, tempere com uma pitada de açúcar ( para quebrar um pouco o ácido do molho), e adicione a azeitona, o milho e a ervilha, misturando novamente até começar a borbulhar.
Acrescente o cheiro verde picado, regue com azeite e desligue. Está pronto!

Dicas

  • Veja duas versões mais fáceis para o preparo da “carne” de jaca aqui.
  • A “carne” de jaca não tem gosto, ela vai pegar o tempero que você der a ela, eu gosto de fazer com molho. Um detalhe importante para o preparo deste prato é usar uma jaca verde, bem verde.
  • Na hora de escolher sua jaca, procure pelas menores, é mais certeza que estarão verdes.
  • A jaca dura que é o tipo indicado para o preparo desta receita! Existe mais um tipo de jaca no Brasil, e as mais conhecidas são a dura e a mole.
  • Dica importante: unte sua faca e tábua com bastante óleo, pois o leite que sai é como uma cola e gruda bastante. Para tirar esta “cola”, jogue um pouco de farinha ou amido de milho em cima, para formar uma massa, e esfregue (dicas de leitores).
  • Com esta “carne” você pode preparar este fricassê e esta coxinha.
Vegetariana e amante de animais (sobretudo gatinhos). É designer de produtos, fotógrafa freelancer, e apaixonada por culinária desde pequena. Adora cozinhar, principalmente para os outros, testar ingredientes e receitas! Muitos dos pratos que conhece aprendeu pesquisando e principalmente testando.