Coxinha de “Carne de Jaca”

Esta é a versão vegana para a coxinha de frango, e sempre que faço esta receita surpreendo meus amigos com o resultado! A “carne” de jaca é neutra, assim como o frango, pega o sabor dos temperos que você der, então capriche bem nos temperinhos. ♥

Ingredientes

Recheio

3 dentes de alho picados
1/2 xícara (de chá) de cebola picada
350g (3 xícaras) de carne de jaca (veja o modo de preparo aqui)
2 colheres (de chá) de orégano desidratado
1/4 de colher (de chá) de cominho em pó
1/4 de colher (de chá) de açafrão em pó
1 colher (de sopa) de suco de limão
1/3 de xícara (de chá) de extrato de tomate
2 colheres (de sopa) de azeitonas picadas
1/4 de xícara (de chá) de salsinha e cebolinha picadas
Sal a gosto
Azeite a gosto

Massa

2 xícaras (de chá) de caldo de legumes (veja a receita aqui)
4 colheres (de sopa) de azeite
1/2 colher (de chá) de sal
2 xícaras (de chá) de farinha de trigo
1 xícara (de chá) de panko ou farinha de rosca vegana, panko ou farinha de mandioca

  • Preço médio: R$10,00

  • Rende cerca de 8 unidades médias

  • Tempo de preparo: 1 hora

  • Contém glúten

  • Vegan

Modo de preparo

Antes de tudo, prepare o recheio. Em uma panela em fogo médio, coloque um fio de óleo e refogue o óleo, a cebola e o alho até ficarem levemente dourados. Acrescente a “carne de jaca”, tempere com sal e com temperos a gosto, eu usei orégano, cominho, limão e açafrão. Refogue por cerca de 3 minutos, adicione o extrato de tomate, as azeitonas e refogue mais um minutinho. Corrija o sal se necessário e desligue. Acrescente a salsinha e cebolinha picadas, misture rapidamente e regue com um fio de azeite. Reserve.

Para a massa: Em uma panela grande em fogo médio, coloque o caldo de legumes, o azeite, o sal e deixe ferver. Quando começar a ferver abaixe o fogo e adicione a farinha de trigo de uma só vez e misture bem. Vai parecer que deu errado, mas é assim mesmo. Misture até virar uma bola de massa firme e pesada, o que vai levar cerca de 3 minutos. Desligue e deixe esfriar por cerca de meia hora.
Coloque esta massa ainda morna, mas que dê para trabalhar com as mãos, sobre um balcão limpo e sove por 5 minutos, até ficar lisa e uniforme.
Divida ela em 8 bolinhas do mesmo tamanho.
Pegue uma bolinha, amasse rapidamente e modele uma espécie de cestinha, com as paredes altas.
Coloque 1 colher de sopa cheia de recheio e feche bem, puxando delicadamente as laterais. Use as palmas das mãos para modelar as coxinhas. Repita o processo com o restante da massa.
Coloque água em um pote largo e fundo e cerca de 1 xícara de panko em um prato raso. Passe as coxinhas na água e em seguida na panko, para empanar.
Frite em óleo limpo e bem quente até ficarem douradinhas e coloque sobre papel toalha para absorver o excesso de óleo.
Veja o vídeo com o modo de preparo abaixo:

Dicas

  • Não deixe este seu recheio muito úmido, senão ficará difícil para fechar as coxinhas.
  • Estas coxinhas podem ser assadas: asse em forno pré-aquecido a 210ºC por cerca de 40 minutos.
  • Existem farinhas de rosca veganas, é importante ler a lista de ingredientes e confirmar com o local que produziu. Para ter 100% certeza da procedência do pão, você pode fazer em casa, basta triturar em um processador ou liquidificador um pão duro.
  • Se quiser sua casquinha ainda mais crocante, você pode molhar suas coxinhas em uma mistura de farinha, água e bicarbonato, que ensinei aqui.
  • No lugar do caldo de legumes caseiro você pode usar água (inclusive temperar a água com curry, orégano…) ou caldo de legumes industrializado (neste caso 1 tablete e duas xícaras de água)
  • Ao invés de fazer coxinhas, use este refogado como recheio de salgados, pizzas, ou como acompanhamento de macarrão, nhoque, polenta, purê, escondidinho, torta…
  • Veja como fazer um fricassê de jaca aqui.
Vegetariana e amante de animais (sobretudo gatinhos). É designer de produtos, fotógrafa freelancer, e apaixonada por culinária desde pequena. Adora cozinhar, principalmente para os outros, testar ingredientes e receitas! Muitos dos pratos que conhece aprendeu pesquisando e principalmente testando.