“Cheesecake” de Damasco no Copinho

Esta versão vegana de “cheesecake”, que é servida no copinho, fica bem gostosa, é fácil de fazer e é uma opção diferente para servir em ocasiões especiais, como a ceia do ano novo!

Ingredientes

Creme:

200g de castanha-de-caju crua (cerca de 1 e 1/2 xícaras)
3/4 de xícara (de chá) de leite de coco (amêndoas, amendoim, soja)
1/2 colher (de chá) de essência de baunilha
1/4 de xícara (de chá) de óleo de coco
1 colher (de sopa) de suco de limão
Açúcar ou melado de cana a gosto (usei 2 colheres de melado no meu)

Geleia de Damasco:

1 xícara (de chá) de damasco seco picado (cerca de 180g)
1/2 xícara (de chá) de água
1/2 xícara (de chá) de açúcar demerara ou cristal
Suco de 1 limão

100g de bolachas maisena veganas trituradas

  • Preço médio: R$19,00

  • Rende cerca de 10 copinhos

  • Tempo de preparo: 8h (molho) + 30 minutos (preparo) + 5h (geladeira)

  • Contém glúten (bolacha)

  • Vegan

Modo de preparo

Em uma vasilha, coloque as castanhas-de-caju cruas, cubra com água e deixe de molho por 8 horas. Escorra, lave e coloque em um liquidificador, juntamente com o leite de coco, a essência de baunilha, o óleo de coco, o suco de limão e adoce com melado ou açúcar a gosto. Bata até obter um creme uniforme e reserve.
Triture as bolachas no liquidificador e divida em copinhos. Cubra com o creme e leve à geladeira por cerca de 5 horas, para firmar.
Enquanto isso, prepare a geleia de sua preferência para servir junto com a sua cheesecake.
Para fazer a de damasco, coloque em um liquidificador os damascos secos picadinhos e a água. Bata até ficar uniforme e coloque em uma panela. Adicione o açúcar e o suco de limão, e cozinhe por cerca de 20 minutos em fogo baixo, até obter uma geleia encorpada. Coloque em uma vasilha e leve à geladeira para cobrir a cheesecake na hora de servir, ou pelo menos até o creme ficar mais firminho.
Se quiser, decore com folhinhas de hortelã. Está pronto!

Dicas

  • Nesta receita eu usei o óleo de coco para ajudar a deixar este creme mais firme, porque o óleo de coco deixa receitas mais firmes quando é colocado na geladeira ou freezer.
  • No lugar do óleo de coco, pra firmar o seu creme, você pode utilizar o ágar ágar, que é a gelatina dos vegetarianos, proveniente de algas. Aí é só bater os outros ingredientes do creme no liquidificador, sem o óleo de coco no caso, ferver 1 xícara de água, adicionar 2 colheres (de chá) de ágar ágar, misturar por um minuto e desligar. Depois é só colocar o creme e mexer até ficar uniforme. Antes de colocar sobre a caminha de bolacha triturada, espere esfriar por uns 15 minutinhos, para o ágar ágar ficar mais firme.
  • Você pode fazer uma torta grande com esta receita. Neste caso, não dá pra usar só a bolacha triturada, pois não ficará firme. Você pode usar a massa feita com castanhas, ameixa e coco, que ensinei no vídeo que fiz pra Tastemade, que está aqui.
  • Ou se quiser fazer uma base com bolacha, é preciso colocar óleo e água pra deixar ela firminha, como ensinei nesta torta de banana e chocolate.
  • O rendimento é relativo, a quantidade de copinhos vai depender do tamanho deles e do quanto você colocar em cada um, mas estipulo que dê pra fazer uns 10 copinhos com capacidade de 60ml.
  • Uma alternativa mais econômica para o creme de castanhas é fazer um creme branco, como ensinei na torta de ameixa, mas recomendo usar metade da quantidade de amido de milho, se for servir em copinhos, para que o creme fique cremoso e não tão firme. Para render a mesma quantidade desta receita, sugiro fazer 3 receitas.
  • Existem bolachas do tipo maisena sem ovo ou leite. Geralmente, as marcas mais baratinhas são. É importante ler a lista de ingredientes sempre, pois empresas podem mudar a composição do produto de uma hora para outra.
Vegetariana e amante de animais (sobretudo gatinhos). É designer de produtos, fotógrafa freelancer, e apaixonada por culinária desde pequena. Adora cozinhar, principalmente para os outros, testar ingredientes e receitas! Muitos dos pratos que conhece aprendeu pesquisando e principalmente testando.