Ovos de Páscoa Recheados com Creme de Beijinho e Creme de Paçoca

Para a Páscoa deste ano, eu resolvi compartilhar algumas receitas com chocolate e é claro que não poderia faltar um ovo. Neste post eu vou ensinar duas versões de ovos de Páscoa recheados, que ficam deliciosos, com uma apresentação bem bonita, e que você pode fazer pra presentear alguém especial ou para você mesmo ♥

Ingredientes

Creme de Beijinho

1/2 xícara (de chá) de castanha de caju crua
1/3 de xícara (de chá) de água
1/2 xícara (de chá) de leite de amêndoas, amendoim ou soja
1 colher (de sopa) de amido de milho ou farinha de trigo
200 ml de leite de coco (1 vidrinho)
3/4 de xícara (de chá) de coco ralado seco e sem açúcar
3/4 de xícara (de chá) de açúcar demerara ou cristal
1 pitada de sal
Beijinhos para decorar

Creme de Paçoca

1 e 1/2 xícaras (de chá) de leite de amêndoas, amendoim ou soja
2 colheres (de sopa) de açúcar demerara ou cristal
1 colher (de chá) de essência de baunilha
6 colheres (de chá) de amido de milho misturadas com 2 colheres (de sopa) de água leite vegetal ou água
200g de paçoca esfarelada
Brigadeiro de paçoca para decorar

  • Preço médio: R$16,00 (beijinho) + R$ 13,00 (paçoca)

  • Serve em média 4 pessoas

  • Tempo de preparo: 8 h (molho da castanha) + 20 minutos (creme de beijinho) ou 10 minutos (creme de paçoca) + 1h (chocolate + montagem)

  • Pode conter ou não glúten (depende dos ingredientes utilizados)

  • Vegan

Temperagem do Chocolate

Não é obrigatório que você tempere seu chocolate, porém é importante. A temperagem vai deixar seu chocolate mais firme, resistente ao calor e ao toque e mais brilhante. Se você for fazer para vender ou presentear, a temperagem é mais importante fundamental.
Alguns chocolates, principalmente aqueles vendidos em embalagens grandes de 1kg, vêm com esta informação da temperagem, mas existem diversas formas pra você fazer.
Como eu não sou especializada nisso, prefiro deixar os links da Dani aqui e aqui e o do Vitor Hugo, do Prato Fundo, aqui (foi a técnica que usei nesta receita). A temperagem do blog Prato Fundo é feita no microondas e é bem fácil, e ideal para pequenas quantidades de chocolate.

Modo de preparo

Para fazer o creme de beijinho

Comece colocando a castanha de caju crua em uma vasilha, cubra com o dobro de água e deixe de molho por 8 horas. Escorra e coloque em um liquidificador e bata com 1/3 de xícara de água até obter um creme uniforme. Reserve.
Em uma panela, coloque o leite de amêndoas, amendoim ou soja e misture com o amido de milho. Acrescente o leite de coco, o coco seco sem açúcar, o açúcar, uma pitada de sal, misture e ligue o fogo. Deixe cozinhar em fogo baixo até obter um creme firme, o que vai levar cerca de 15 minutos. Esta é a receita de beijinho que ensinei aqui, mas em um ponto mais mole.
Desligue e misture com o creme de castanha de caju e deixe esfriar.

Para fazer o creme de paçoca

Coloque em uma panela o leite vegetal escolhido, o açúcar, a essência de baunilha e misture. Assim que ferver, abaixe o fogo e adicione o amido misturado com a água. Misture rapidamente para não empelotar e adicione a paçoca esfarelada. Deixe cozinhar até obter um creme uniforme e cremoso, e desligue.

Montagem

Se você for fazer o brigadeiro de paçoca e o beijinho para decorar os ovos recheados, veja os links listados na lista de ingredientes.

Enquanto os cremes esfriam, derreta e tempere 150g de chocolate meio amargo ou amargo sem leite da forma como preferir, para poder passar nas forminhas. Faça uma camada fina com o auxílio de uma colher, cobrindo todo o fundo da forma e leve à geladeira por 10 minutos. Retire da geladeira e repita o processo. Procure tampar os buraquinhos e deixar as bordas retinhas. Repita o processo mais uma vez ou duas, se quiser o ovo mais grosso. Depois da última camada, leve ao freezer por pelo menos 15 minutos, fica mais fácil para desenformar. Desenforme os ovos, preencha cuidadosamente com o recheio já frio, decore como preferir e está pronto!

Dicas

  • Existem chocolates do tipo meio amargo veganos. Veja esta lista do VegVida, mas sempre confira a lista de ingredientes antes de comprar, pois empresas podem mudar a composição dos seus produtos. Eu geralmente uso da marca Harald Melken pelo custo/benefício (o meio amargo e o dark não têm leite na composição). Não gosto muito de citar marcas, pois infelizmente podem mudar, por isso friso a importância de sempre ler a lista de ingredientes do produto. Tem também o da Cacau Show, mas este é bem mais caro. O chocolate da Harald contém traços de leite, já que foi produzido por uma empresa que faz outros tipos de chocolate, portanto por ser processado no mesmo lugar e equipamentos, pode conter traços – não sendo recomendado para quem tem alergia/intolerância inclusive aos traços. Parece que a Callebaut e a Aro (do Makro) faz chocolates sem traços de leite, porém ainda não consegui comprar para experimentar, mas dizem que é muito bom. Com a nova legislação, está mais fácil identificar o leite e os traços de leite nas embalagens dos produtos.
  • Eu usei forminhas pequenas pra fazer estes ovos, elas eram para ovos de 150g. Mas você pode usar maiores. Cada receita de creme + a quantidade de chocolate indicada 150g rende 4 metades de ovos neste tamanho.
  • Além destes cremes, você pode fazer a mousse de maracujá que ensinei aqui. Pode também colocar algum bolo vegano picadinho, como de cenoura, pão de melado ou de coco e cobrir com algum creme de chocolate, ganache ou com o doce de leite vegano que eu ja ensinei aqui também.
  • Se você quiser ver um ovo recheado com trufa, eu ensinei um aqui há uns anos.
  • Eu fiz um post especial para a Páscoa, juntamente com o Andre Fronza, do Tempero Alternativo, a Julia Guedes, do Herbivoraz, a Gabi Mahamud, do Flor de Sal, e a Pati Bianco do Fru Fruta, pra mostrar que exitem muitas opções gostosas e com chocolate, sem leite e sem ovo. Veja aqui.
Vegetariana e amante de animais (sobretudo gatinhos). É designer de produtos, fotógrafa freelancer, e apaixonada por culinária desde pequena. Adora cozinhar, principalmente para os outros, testar ingredientes e receitas! Muitos dos pratos que conhece aprendeu pesquisando e principalmente testando.